Entrevista com o GM Levon Aronian

mf_aranha_site

Esta entrevista foi realizada no sábado, dia 29 de setembro, depois do empate contra o número um do mundo Magnus Carlsen.

Apesar de ter deixado escapar um arremate relativamente fácil na partida, o armênio manteve a simpatia e humildade de sempre.

Confesso que minha vontade era aproveitar a chance de conversar com esse grande ídolo do xadrez mundial por horas, contudo, entendendo que ele estava cansado e sem querer abusar, acabei fazendo uma entrevista curta onde pude fazer algumas perguntas que sempre tive curiosidade.

Aproveito mais uma vez para agradecer ao GM Krikor por ter me proporcionado essa inesquecível oportunidade.

MF Álvaro Aranha: Primeiramente é uma grande honra poder falar com você! Quais os jogadores que você mais admira?
GM Levon Aronian: Bom, como sou armênio, tenho que citar o Petrosian,Vaganian e Kasparian. Dos demais, quando criança gostava muito do Alekhine e um pouco depois comecei a gostar das partidas do Larsen.

MF Aranha: Interessante, já que você é um jogador posicional clássico, bem diferente do estilo do Larsen…
GM Aronian: É, realmente ele tem um estilo um pouco mais agressivo, mas eu gosto muito das partidas dele.

MF Aranha: Quais os livros de xadrez que você mais gostou?
GM Aronian: Eu gostei muito da biografia do Tahl e também da coleção de partidas do próprio Larsen.

MF Aranha: Qual seria o adversário mais desagradável para você enfrentar em um eventual match pelo campeonato mundial?
GM Aronian: Bom, todo jogador da elite é difícil, mas seria uma oportunidade muito legal enfrentar um deles em um match, demandaria bastante preparação e energia, mas seria uma ótima oportunidade.

MF Aranha: Eu quero dizer algum rival específico, assim como você é um rival duro para Anand…
GM Aronian: Bom, o Kramnik tem um bom score contra mim, mas existem vários grandes jogadores que seriam grandes desafios para mim.

MF Aranha: Contra o Carlsen, por exemplo,você ganhou 2 matches no passado….
GM Aronian: É verdade isso realmente aconteceu.

MF Aranha: Você tem uma meta ou uma data específica para se tornar campeão mundial? Digamos, quero ganhar o título até no máximo 2015, por exemplo.
GM Aronian: Não, eu espero simplesmente jogar cada vez melhor e acho que tenho a obrigação de me esforçar e tentar, mas é difícil pensar em uma data. Eu darei o meu máximo e veremos o que acontece…

MF Aranha: Para finalizar, eu li uma vez que sua filosofia é: ”Se está tudo bem na vida pessoal, jogar xadrez fica mais leve”. É assim que a coisa funciona para você?
GM Aronian: Sim, é verdade, eu acho que se a vida familiar está estável, é muito mais fácil jogar bem e fica mais fácil lidar com os momentos difíceis.

MF Aranha: Quero agradecer a oportunidade de falar com você e te parabenizar pela vitória da Armênia nas Olimpíadas!
GM Aronian: Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *