Partida comentada MF Aranha x Prol

mf_aranha_site

all_down_pgn

(1) Álvaro Aranha (2289) – Flávio Prol [D06]

Interclubes (6), 02.03.2013

Começo pedindo desculpas aos meu leitores, pois ao contrário do que prometi e pretendia, fiquei bastante tempo sem escrever.A verdade é que com o começo das aulas nas escolas e as competições de categoria, praticamente não estou tendo vida! [risos]. Vou tentar melhorar e contar com ajuda de amigos que prometeram escrever para me ajudar a não deixar o site tanto tempo sem atualizações. Depois da sensacional colaboração do GM Alexandr Fier, mais dois amigos já prometeram mandar colaborações, o GM Felipe el Debs e o MF Luciano Maia, portanto,espero não ficar mais tanto tempo sem apresentar material interessante para o leitor. Nesse artigo que dou sequência à série “A importância de estudar os clássicos”, analisarei uma partida onde fica clara a influência que os estudos das partidas de Tigran Petrosian vem fazendo no meu jogo. Petrosian era conhecido pelo seu pensamento profilático que antevia as ideias dos rivais muito antes de elas serem colocadas em prática. A sua maestria em explorar pequenas vantagens sem dar qualquer contra-jogo ao adversário era outra qualidade importante do nono campeão mundial. Na partida que analiso a seguir, que foi jogada no último interclubes, tento por em prática esses ensinamentos e tento ganhar no estilo do velho mestre por “asfixia”. Acho que no geral foi uma boa partida e nas análises do lance 22 mostro uma das linhas mais bonitas que já calculei na minha carreira.

1.d4 d5 2.c4 Bf5!? A Defesa Balogh fez por muito tempo parte do meu repertório.

3.cxd5 Bxb1 4.Qa4+! Um importante refinamento. [4.Rxb1 Qxd5 não causa problema para as pretas.]

4…c6 5.Rxb1 Qxd5 6.f3 Nf6?! Uma lance errado que fará com que as pretas fiquem com uma posição passiva. [6…e5 é a resposta crítica,mas não vou me alongar afinal o leitor também tem que fazer sua lição de casa [risos]]

7.e4!² Baseadas em um recurso tático as brancas alcançam uma posição com grande vantagem de espaço.

7…Qd7?! [7…Nxe4? 8.Bc4! Qf5 9.fxe4! Qxe4+ 10.Ne2 Qxb1 11.Qb3!+- Até aqui iam minhas análises caseiras,com a conclusão de que as brancas ganham fácil.; 7…Qd8 8.Be3²]

8.Be3 e6 9.Bd3 Be7 [9…e5 10.Ne2 exd4 11.Nxd4 Bc5 12.Rd1 0–0 13.Be2²]

10.Ne2 0–0 11.Qc2 Defendendo o Bispo, ameaçando e5 e assim forçando uma debilidade na posição das pretas.

11…h6 12.0–0 a5 13.Rbd1 Na6 14.a3 Rfd8 15.Nc3 As brancas tem uma vantagem estável e as pretas carecem de um plano útil.

15…b5 O que mais? As pretas tentam ganhar espaço na ala da dama. O velho Petrosian defendia que muitas vezes uma defesa ativa só leva a mais debilidades, mas só um gênio como Tigran conseguia suportar posições sem nenhum espaço e depois incrivelmente conseguir contra-ataque a partir delas.

16.e5 Nd5 17.Nxd5 cxd5 18.Qe2!± Profilaticamente evitando o liberador b4 e já passando a Dama para o futuro ataque que acontecerá na ala do rei.

18…Rdb8 19.f4 f5 20.g4 [20.exf6 Bxf6 21.g4± é a sugestão do Houdini, que com certeza também levará as brancas a uma posição muito superior.]

20…g6 21.Rf3!? Tentando trazer a torre para ajudar no ataque. [21.h4!? É um interessante recurso apontado pelo computador para abrir a posição, mas como eu estava em “Petrosian style” resolvi fazer as coisas de maneira mais simples e segura. 21…Bxh4 22.Qh2 Qd8 23.gxf5 exf5 24.Rf3 Ra7 25.Rh3+-]

21…Kf7 [21…fxg4 22.Rg3 h5 23.Bxg6]

22.Kh1 dando espaço para outra torre entrar em jogo.

22…Rb6 [22…fxg4 O lance que eu estava torcendo para ser jogado,para mostrar para os alunos que exercícios de tática feitos com regularidade fazem com que até um “preguiçoso” como eu calcular algumas variantes bonitas. 23.Rg3 h5 24.Bxg6+! Estranhamente o meu Houdini demora meio minuto para dar vantagem decisiva para esse lance. 24…Kxg6 25.Rxg4+! é fácil combinar quando faltam peças na defesa! 25…hxg4 (25…Kf7 26.Rg7+! Kxg7 (26…Ke8 27.Qxh5+?! Esse lance foi o que calculei durante a partida e está longe de ser o melhor. (27.f5! Colocando o bispo no jogo o computador vence de forma muito mais tranquila e convincente do que eu havia calculado. 27…exf5 28.Qxh5+ Kd8 29.Bg5+-) 27…Kd8 28.Rc1 Qe8 29.Qh7 E aqui devo estar ganho apesar de ter deixado escapar uma sequência muito melhor.) 27.Qxh5+- Esse foi o lance que eu vi na partida,o computador prefere o xeque de T em g1,mas acho que ambos ganham.) 26.Qxg4+ Kf7 (26…Bg5 lance típico do computador, aqui ele aponta como caminho mais simples para as brancas: 27.Qxg5+ Kf7 28.f5 Rg8 29.Qh5+ Ke7 (29…Kf8 30.Bh6+ Rg7 31.f6+-) 30.Bg5+ Rxg5 31.Qxg5+ Kf8 32.Rg1+-) 27.Qh5+ Kf8 28.f5+- Infelizmente essa variante ficou nos bastidores e deixei de jogar uma das sequências mais bonitas que calculei na vida (: .]

23.Rg1 Rg8 24.Bd2 Novamente, no estilo Petrosian, criando pequenas e chatas ameaças. O lema do nono campeão mundial era “sem pressa!”.

24…a4 25.Ba5! Rbb8 Agora o Cavalo volta ficar solto em a6 e Torre e Dama escravas de b5.

26.Rh3 Bf8 27.Re3!? A ideia desse lance é impedir a tomada com o peão de “e” depois de gxf5, pois agora as brancas teriam garfo em e6. [O computador como sempre melhora o nosso jogo e aponta que a partida acabaria com: 27.gxf5! exf5 28.Rhg3 Rg7 29.Rxg6! Rxg6 30.Qh5+-]

27…Rg7 28.gxf5 gxf5 Forçado! [28…exf5 29.e6++-]

29.Reg3 Com meu adversário praticamente sem tempo, resolvi jogar rápido para manter a pressão,um velho erro que já me custou muitos pontos! [29.Bxf5! era claramente mais desagradável.]

29…Kg8 30.Qh5!“ Aqui Flávio ameaçou pegar no rei para jogar em h7,viu que perdia e quando ia jogar Txg3 perdeu por tempo.[30.Qh5 Kh7 (30…Rxg3 31.Rxg3+ Kh8 32.Qg6 Bg7 33.Rg1 Rg8 (33…Ra8 34.Bxb5+-; 33…Rb7 34.Bxf5+-) 34.Be1 Uma ideia que propus no post-mortem da qual fiquei bem orgulhoso,pois além de ser o lance do computador,acho que era o tipo do lance que Tigran aprovaria! 34…Qe8 35.Qxe8 Rxe8 36.Bxb5+-) 31.Qxh6+! Kxh6 32.Rh3# Uma partida que me deixou bem feliz e me motivou ainda mais a seguir aprendendo com as partidas do nono campeão mundial,Tigran Vartanovitch Petrosian!]  1–0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *