Quintiliano comenta partida contra Gerbelli

Quintiliano,Renato (2153) – Gerbelli,Eduardo (2171) [D30]

IRT FINAL LXSBC (2), 22.01.2011

Visualizador de Partidas Arquivo PGN

[Renato Quintiliano]

Esse IRT em São Bernardo do Campo era o primeiro torneio fechado que eu disputava com jogadores numa faixa de rating muito acima da minha, e com 2153 eu era apenas o oitavo rating. Jogar um torneio desses com jogadores tão fortes e dois MF’s presentes apenas me motivou a jogar mais concentrado e com mais vontade de vencer e surpreender a todos. Entretanto, não tive um bom começo de torneio, pois perdi a primeira rodada de pretas contra Renato Batista,numa partida em que eu estava melhor,mas por um deslize fui precisamente arrematado por meu adversário, e devo confessar que essa partida me deu um certo desânimo, pois era logo a primeira rodada. Porém, num torneio como esses não há tempo para lamentar-se, não é como um torneio aberto onde você pode perder uma rodada e na seguinte irá enfrentar um jogador mais fraco, nesses torneios fechados geralmente todos têm um nivel parecido, e se você não esquecer uma derrota e concentrar-se na próxima rodada, isso provavelmente irá comprometer todo o torneio. Foi com esse pensamento que me recuperei psicologicamente para a segunda rodada e enfrentei Eduardo Gerbelli, um jogador conhecido por seu estilo de jogo sólido e por ser muito estudioso. Até então eu tinha score negativo com o mesmo, e de brancas esperava poder buscar o ponto!

1.d4 d5 2.Nf3 Nf6 3.c4 c6 4.e3 e6 5.Bd3 Nbd7 6.b3 Este lance caracteriza o Sistema Avrukh,que ganha cada vez mais popularidade,por ser uma linha muito útil para as brancas e que dificilmente dá às pretas a chance de tirar alguma vantagem da abertura.

6…Bd6 [6…Bb4+ Este lance tem como objetivo desviar das linhas mais conhecidas e tentar ativar mais rápido as peças das pretas 7.Nbd2 (7.Bd2 Bd6! E o objetivo das pretas de desviar o bispo da diagonal a1–h8 foi alcançado.A posição das brancas não apresenta fraquezas,porém,esse bispo cumpriria melhor seu papel na grande diagonal.Por exemplo 8.Nc3 0–0 9.0–0 e5 10.cxd5 cxd5 11.Nb5 Bb8 12.dxe5 Nxe5 13.Be2 Bg4 E as pretas possuem um jogo satisfatório) 7…Bc3 (7…Ne4 8.0–0 f5 também é interessante) 8.Rb1 e5 9.Qc2 Bxd2+ 10.Nxd2 exd4 11.0–0! dxe3 12.Nf3 E entramos numa posição com possibilidades para os dois lados,onde as brancas sacrificam até dois peões para abrir linhas e colunas,tentando aproveitar a vantagem do par de bispos,enquanto as pretas tentam solidificar a posição.]

7.Bb2 0–0 8.Nbd2 Qe7 [8…dxc4 9.Nxc4 Bb4+ 10.Kf1! E apesar de perder o roque, as brancas continuam seu desenvolvimento normalmente com De2,e4,Td1, e a força do centro móvel das brancas aliado à seu par de bispos nessas fortes diagonais, coloca as pretas em perigo,e o bispo de c8 continua sendo um problema. 10…Nh5]

9.Ne5! Esse lance se faz essencial,do contrário as pretas jogariam e5 e alcançariam a igualdade absoluta.

9…c5 10.0–0 b6 11.cxd5! Esse lance é importante para manter a diagonal a8-h1 fechada,de modo que as pretas não consigam contra-jogo e nem uma posição ativa pro bispo de casas brancas.

11…exd5 12.f4! Fortalecendo o posto avançado em e5 e preparando a manobra da “Torre-tanque”.

12…Bb7 13.Rf3! Este é o lance correto,pois a [13.Qf3 poderia seguir 13…cxd4! 14.exd4 Bb4 15.Rad1 Bxd2 16.Rxd2 Ne4! E as pretas conseguem a igualdade]

13…Ne4?! Esse plano se mostra falho,pois o cavalo deixa de proteger h7 e não traz consigo nenhuma ameaça em e4.Melhor era [13…cxd4 14.Nxd7! Nxd7 15.Bxd4 Bc5 16.Rh3 g6 17.Nf3 Nf6 18.Qd2 Ne4! Com igualdade.]

14.Rh3 Ndf6? Esse lance,apesar de natural,é fraco porque permite às brancas iniciar uma bonita combinação ganhadora

15.dxc5! Bxc5 16.Nxe4! Esse lance é essencial,pois Cg4 direto falha devido à [16.Ng4 Nxg4 17.Qxg4 f5!]

16…dxe4 17.Ng4 Nd5?? Agora já não há mais salvação para as pretas. Melhor era [17…exd3 18.Nxf6+ gxf6 19.Qg4+ Kh8 20.Qg5! (20.Qf5 Bxe3+ 21.Kh1 Bxg2+! 22.Kxg2 Qb7+ 23.Kg3 Rg8+ 24.Kh4 Bf2+ 25.Kh5 Rg6 26.Bxf6+ Kg8 27.Rxd3 Qc6 28.Bg5 f6 29.Rf1 Qe8! 30.Kg4 Bc5–+) 20…Bxe3+ 21.Kh1 Bxg2+ 22.Qxg2 Bxf4 23.Qf3 Qd6 24.Qe4 h6 25.Rxd3 Rae8 26.Qf3 Qc7 27.Bxf6+ Kh7 28.Rd4 Re3 29.Qd5! Re5 (29…Be5 30.Re4!+-) 30.Bxe5 Bxe5 31.Rc4 Com vantagem decisiva das brancas.; 17…Nxg4 18.Qxg4 f5 Agora perde pra 19.Bc4+ Kh8 20.Rxh7+ Kxh7 21.Qh5#]

18.Nh6+ Kh8 [18…gxh6 19.Rg3++-]

19.Bxg7+! Kxg7 20.Nf5+ Se [20…Rf6(ou Rg6) 21.Th6+ Rxf5 22.g4# ou 20… Rh8 21.Txh7+ Rxh7 22.Dh5+ Rg8 23.Dg4+] e o mate é inevitável. Essa partida me deixou especialmente feliz, por vencer tão convincentemente um adversário conhecido por ser muito sólido, e sem dúvida me motivou a buscar a vitória nas próximas partidas do torneio! 1–0

2 comentários em “Quintiliano comenta partida contra Gerbelli

  • 5 de fevereiro de 2011 a 03:59
    Permalink

    Parabéns Renatinho, ótimo começo de ano!
    Se conseguir manter o ritmo,até a lista de Julho ja ta tudo certo x)
    E parabéns Mauro e Vivi pelas ótimas coberturas do site que deve estar bombando em acessos.

    Responder
  • 5 de fevereiro de 2011 a 20:52
    Permalink

    Parabéns Renato, Brilhante partida !!! ficamos na torcida para MF.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *