Partida comentada: GM Vescovi x Mandetta

Vescovi,Giovanni (2634) – Mandetta,João Danilo (2138) [A57]

Paulista Interclubes, 27.02.2011

Visualizador de PartidasArquivo PGN

[Partida comentada por João Danilo Mandetta]

1.d4 Nf6 2.c4 c5 3.d5 b5 4.Nf3 Esse lance havia me dado problemas anteriores contra o MI Perdomo, mais cedo no torneio. Naquela fatídica partida eu joguei 4-…e6,o gambito Bloomenfeld, ou “Blunder”-feld,já que eu poderia seguramente ter abandonado no lance 11 🙂

4…g6 5.Qc2 d6 6.e4 Bg7 7.cxb5 a6 8.Nc3 0–0 9.b6 Nbd7 Tendo em vista a clássica manobra das brancas Cf3-d2-c4, eu prefiro muito mais um cavalo em b6 do que uma dama,tornando esse plano mais dificil de realizar.

10.Be2 Nxb6 11.0–0 Ne8 12.Bf4! Incrementando seu controle da casa e5, o Grande Mestre planeja uma futura ruptura nessa casa. Para tornar isso mais difícil, eu devo pressionar o peão d5, e até jogar …f5 se em tal situação isso não for muito arriscado.

12…Nc7 13.Rfd1 Qd7 14.Qd2 Bb7 15.Bh6 Bxh6! Eu pretendo jogar f6, que ajuda a controlar a casa e5. Para tanto essa troca é fundamental,de forma que meu bispo não ficará bloqueado.

16.Qxh6 f6 17.a4 Rab8 18.Nd2 Qe8 Cedendo a casa d7 para a volta do cavalo, e vigiando a ala do rei com a dama, pois achava que ele pudesse tentar um ataque com h4-h5. Vescovi na verdade tinha outras intenções…

19.Qe3 f5 Expondo o peão d5. Aqui meu absurdamente forte adversário pensou bastante,e veio com a variante:

20.a5 f4 Permite Bg4,mas havia algo melhor?

21.Qd3 Nd7 22.Nc4 Nb5 23.Bg4 Bc8 24.Be6+ Kh8 25.Bxd7? Trocando o defensor da casa b6. No entanto, o computador já aponta vantagem quase decisiva para as brancas com [25.Nxb5 axb5 26.Qc3+ Nf6 27.Nb6 b4 28.Qe1 Nd7 Até os GMs erram…]

25…Bxd7 26.Nb6 f3 27.Nxb5 Bxb5 28.Qe3 fxg2 29.Kxg2 Qf7 Aqui considerei a posição equilibrada. As pretas tem atividade, e embora o cavalo em b6 talvez possa ficar perigoso no final, os deuses do xadrez puseram o meio-jogo antes dessa etapa.

30.Ra3 Qg7 31.Rd2 Rf7 32.f4 Rbf8 33.Rf2 Qh6 34.Kg3 Deste lance em diante,o Grande Mestre revela toda a sua técnica, e como em passes de mágica,vai me empurrando lentamente pra fora do tabuleiro. Obviamente eu deixei passar melhores respostas, entre elas algumas que me ofereciam reais chances de empate.

34…Kg8 35.h4 Qh5 36.Qf3 Qh6 37.Qe3 Aqui estamos em apuro frenético de tempo,e a partida se torna extremamente tensa.

37…Qh5 38.Rc3 Qd1 39.Rc1 Qh5 40.Rg1 Rg7 41.Qf3 Qh6 42.Kh3 Rgf7 [42…g5! Seria o grande lance! 43.Rg4 Rxf4 44.Rxf4 gxf4 45.Qxf4 Qxf4 46.Rxf4 Com um empate quase claro.]

43.Rg4 Kh8 44.Kg3 Rg7 45.Rg5 Rgf7 46.Qc3+ Qg7 47.h5 E a fera me obriga a fazer a troca que eu não queria! …pois agora, com o peão em c3, a posição do bispo perde sua estabilidade… Porém ainda não era hora de desespero, mas com o tempo indo pro “brejo” eu não consegui segurar minha onda.

47…Qxc3+ 48.bxc3 Bd3 [48…gxh5! Outro lance de provável empate. 49.c4 Be8]

49.hxg6 hxg6 50.Rh2+ Rh7 51.Rxh7+ Kxh7 52.Kf3 Kh6 53.c4 Bc2 54.Rg1 Rh8 Este lance infeliz foi realizado faltando um segundo para acabar o tempo do condutor das peças negras. Após isso, os 30 segundos de acréscimo voltaram, mas a posição não!

55.Rh1+ Kg7 56.Rxh8 Kxh8 57.Nc8 Caindo a base e7, nada impede a queda de d6, e as brancas obtém dois peoes passados conectados. 1–0

Partida comentada por João Danilo Mandetta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *